Quibe de berinjela: opção leve e gostosa para o fim de semana

Você passa a semana inteira se controlando para não fugir da dieta. Chega o fim de semana você quer o que, o que? Enjacar, não é verdade, Brasil? Mas eu sempre falo que até para enjacar tem como manter certa dignidade.

Dignidade ao comer: possuímos

Dignidade ao comer: possuímos

O que eu costumo fazer para não cometer muitos excessos (só alguns), é tentar incluir algumas opções mais saudáveis mesmo na sexta, sábado e domingo, que tradicionalmente são dias em que temos mais eventos sociais, vemos a família, temos mais tempo para ficar em casa, etc. 

Minha dica de hoje é para uma sexta-feira sem carne, sem muita gordura, mas com muito sabor! É um quibe de berijela muito saboroso. Eu sou apaixonada pela cozinha árabe, e particularmente acho que ela é cheia de opções saudáveis: coalhada seca, hommus, babaganoush, tabule e quibe são apenas algumas delas.

Para esta receita, eu usei apenas a polpa da berinjela, mas não dispensei a casca: guardei para fazer um molho delicioso que vou ensinar no próximo post dedicado à #cozinhasemdesperdício! Aguardem, amiguinhos!

Ah! E tenho um recadinho para você, amigo que não gosta do legume: o gosto da berinjela praticamente some nesta receita! Bora pra cozinha? Acredite: não dá trabalho nenhum fazer este prato.

Imagina isso na marmita segunda-feira que A-L-E-G-R-I-A, minha gente?

Imagina isso na marmita segunda-feira que A-L-E-G-R-I-A, minha gente?

 

Quibe de berinjela

Ingredientes
2 berinjelas grandes
2 xícaras de trigo para quibe
1 cebola
Folhas de hortelã a gosto
Sal e pimenta moída na hora a gosto
Um pouco de azeite

Modo de preparo
Deixe o trigo para quibe de molho na água por pelo menos meia hora, para hidratar. Enquanto isso, prepare as berinjelas. Eu faço assim: corto no meio e faço vários cortes na polpa, como se quisesse desenhar um xadrez nela (desculpem a explicação tosca, não sei como exemplificar isso). Para que eu faço isso? Você já vai entender. 

Coloque as berinjelas em uma assadeira untada com um pouquinho de azeite e deixe assar por mais ou menos 20 minutos. Quando você as tirar do forno, vai notar que o fato de ter “picotado” a polpa vai ajudar você na hora de retirá-la. Isso mesmo: retira só a poupa, e guarde a casca para o molho que eu prometi pro próximo post!

Esprema o trigo e junte a polpa da berinjela. Acrescente todos os demais ingredientes e misture muito bem. Coloque em uma assadeira untada com um pouco de azeite e espere mais ou menos 25 minutos. Prontinho! Agora é só servir com uma bela coalhada seca caseira, com uma salada bonita ou acompanhamento de sua preferência.

Se você quiser, também pode rechear com ricota, com requeijão e tomate, ou ainda com uma mussarela light ou de búfala, que são um pouco menos gordurosas que a tradicional. Eu fiz sem recheio porque gosto de sentir o sabor da coalhada seca que também costumo fazer em casa. 😉 

Você sabia? 
Segundo o livro Chef Medicinal, de Dale Pinnock (editora Senac), a berinjela é cheia de fibras e por isso ajuda a manter todo o organismo em funcionamento. Ela também auxilia na saúde do sistema nervoso, graças a um composto chamado “nasunina”. Alguns estudos associam este componente a uma maior proteção das células nervosas.

Gostou da receita?
Se você está na vibe de apostar no consumo moderado de proteína animal, tenho outra dica de quibe que não vai carne, feito com abóbora.  Clique aqui para conferir!

 

 

« »

© 2019 Marmiteira. Theme by Anders Norén.