Tenho a mania de acordar já pensando o que vou fazer para o almoço/jantar – sim, penso bastante em comida. Claro que gosto de comer, mas o fato é que cozinhar exige planejamento.

Nesse feriado, no entanto, não planejei nada. Pelo contrário: estava contando com um almoço na casa da minha irmã, que, por um imprevisto, não rolou. Pensei no mercado. Pensei no feriado. Pensei na fila. Pensei na preguiça. Por fim, pensei: vou me virar com o que eu tenho na geladeira.

Na verdade resolvi fazer este post nem tanto pela receita que eu acabei criando de última hora, mas sim para incentivar a prática de tentar usar tudo o que se tem na geladeira. Muitas vezes a gente faz o contrário: pensa no que está com vontade de comer, constata que está faltando algum ingrediente, sai para comprar e aí sim faz o prato.

Mas que tal usar a criatividade para evitar o desperdício e o consumo desenfreado? Uma boa forma de fazer isso é apostar em preparos diferentes para determinados tipos de alimentos que você está acostumado a consumir de uma só maneira.

Hoje eu tenho três exemplos disso. Eu tinha alface, mas não estava a fim de comer em forma de salada. Então fiz refogada. Sim, dá para fazer alface refogada! Se você fizer uma busca na internet vai descobrir diversas receitas super gostosas, o que também acaba sendo um incentivo para quem não é muito fã dos verdes (não é o meu caso, mas variar é bom!).

O feijão branco, que eu tinha cozido e congelado, fiz em forma de purê. Eu já tinha dado essa receita aqui. E também me deparei com alguns tomates e cebolas perdidos, implorando para serem usados. Cortei tudo e fiz assado com azeite e alecrim. E não é que ficou um almoço danado de bonito e saboroso?

O olho às vezes é maior do que a boca na hora de cozinhar: queremos justamente aquilo que não temos em casa. Mas para aproveitar tudo de maneira integral, vale a pena dar uma boa examinada na geladeira, imaginar novos preparos e evitar a fila do mercado em pleno feriado. Bora pra receita?

E não é que ficou uma boniteza?

Purê de feijão branco

Ingredientes
2 xícaras de feijão branco cozido
1 colher (sopa) azeite
1 colher (sopa) água
Sal a gosto

Modo de preparo
Eu sempre cozinho o pacote de feijão de uma vez e congelo em pequenos recipientes, devido à falta de tempo. Então neste caso eu só usei o que eu já tinha no freezer: coloquei no processador com a água, o azeite e o sal e bati tudo. Vira um creminho muito gostoso.

Alface refogada

Ingredientes
Alface (usei a tradicional e também algumas folhas da roxa)
Alho e sal a gosto
Um fio de óleo

Modo de preparo
Lave bem as folhas e as pique em tiras. Refogue o alho no fio de óleo e depois jogue o alface e o sal. Mexa delicadamente, até que ele murche. É bem rápido este preparo, e ele fica com a cara e com o gosto de escarola.

Tomates assados

Ingredientes
Os tomates que vocé tiver na geladeira (eu usei 2 italianos e um 1/2 caixa de sweet grape)
1 cebola
3 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de açúcar orgânico
1/2 colher (chá) de sal
Alecrim seco a gosto (se tiver fresco, melhor ainda!)

Modo de preparo
Corte os tomates e as cebolas grosseiramente. Misture tudo muito bem com o restante dos ingredientes. O momento de assar vai depender do seu forno, então fique de olho durante todo o processo. Deixei por 20 minutos assando em forno bem alto (coloquei no máximo). Depois tirei, dei uma boa mexida e voltei para o forno, por mais 20 minutos, só que e fogo médio (180 graus). E pronto! Agora é só curtir.